Edição sob demanda e impressão em Pequena Tiragem

Depoimentos

Veja o que alguns autores tem a dizer sobre a Cidadela Edição por Demanda:

 

 

Depois de exaustivamente buscar uma editora que atendesse aos meus anseios, com relação à edição de alguns livros de minha autoria, deparei-me, através da internet, com a Cidadela Editorial. Confesso que, a principio temeroso, enviei meus escritos por E-Mail como mais uma tentativa, das muitas que havia feito, de encontrar alguém com quem pudesse dialogar sobre a melhor forma de dar prosseguimento ao meu projeto.
Minha surpresa foi enorme quando, em poucos dias, pude vislumbrar as capas completas dos cinco livros e, em poucos dias mais, recebê-los impressos em minha casa.
Estou convencido que esta é a forma moderna e correta dos novos escritores verem seus projetos publicados com rapidez e eficiência. Destaco, ainda, o atendimento profissional e competente dispensado por Felipe de Andrade Pereira, Gerente da Cidadela, em Porto Alegre.”

Jober Rocha
Autor de 05 títulos publicados pela Cidadela, entre eles “O vendedor de palavras”.
joberrocha@yahoo.com.br

 

 

Falar sobre a Cidadela Editorial, para mim, significa enaltecer a “contramaré” (expressão eternizada nas doces palavras da querida amiga e poeta Tatiana Morais) que representa uma editora independente séria inserida em um mercado editorial cada dia mais obscuro e sem critérios objetivos de publicação. Cidadela é sinônimo de liberdade. Publicar através dessa filosofia significa romper com paradigmas que beneficiam a mediocridade em detrimento à liberdade criativa. Critérios mercadológicos não deveriam influenciar a produção artística. Com efeito, a seleção das grandes editoras segue um ritual moroso e meramente subjetivo de um indivíduo, parte de um conselho editorial, que, com pretensão e arrogância, considera algo como vendável ou não. É sabido, sem embargo, que nem tudo o que é vendável possui qualidade literária. Os “subliteratos” campeões de venda, afinal de contas, não me deixam incorrer em equívoco.

Publicar com a presente editora representa a desburocratização e a libertação de amarras invisíveis que impedem o escritor de ter o prazer de ver suas palavras impressas no papel, em um ritual milenar que se repete – e sempre se repetirá – a despeito do surgimento de aparatos tecnológicos como os livros eletrônicos. O prazer de ver sua obra publicada é finalmente acessível a todas as pessoas.
Destaco o papel do Sr. Felipe em todo o processo de publicação. Felipe é igualmente contramaré. A sua paciência supera facilmente o arquétipo bíblico de resignação. Nada mais insistente, persistente e irritante do que um escritor cheio de dúvidas sobre todo o processo de publicação de sua obra. Ele representa a segurança de um fiel escudeiro, mais ou menos como Sancho Pança na obra de Cervantes.”

                    Autor de “Noções Gerais de Direi toMarítimo” e outros 5 títulos.
……………………………………………………………………..hmelo1002@hotmail.com

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bom, conheci a Editora Cidadela através de um convite na rede Ning Palavras, incentivada por um amigo. Embora escreva há muito tempo não imaginava a possibilidade de um dia ver minhas poesias publicadas em um livro, mas no fundo, escondido, havia sim um profundo desejo que precisava ser estimulado.
Destaque para a seriedade, paciência com que fui atendida e o interesse em levar aos jovens a ter um encontro com a arte de escrever estimulando futuros escritores. São pontos positivos que me encantaram no começo. Confiei a eles minhas poesias.
Por fim o profissionalismo, a qualidade do produto, tudo feito com muito capricho, boa digitação, diagramação bem elaborada, papel de ótima qualidade. Simplesmente ‘Amei’ fazer parceria com a Cidadela no Projeto Pequenas Histórias.
Feliz com o acabamento do produto e mais feliz ainda em ter a Coletânea de Poesias em minhas mãos, poder folhear e admirar o livro em que participei.
A todos da Editora Cidadela obrigada pelo carinho e respeito com que sempre fui atendida.”

Marilda de Medeiros Correa, autora participante
do Projeto Pequenas Histórias — Poesias.
mari_rhua@hotmail.com

 

 

 

 

“Certa vez li o seguinte verso ‘Atire-se em direção a lua, se você não acertar, certamente aterrissará entre as estrelas…’ Acredito que todo escritor sonha em um dia ver a sua obra editada, desengavetar o que com tanto amor, dor, suor e paixão se aplicou em escrever. E eu posso dizer que hoje eu alcancei a primeira estrela da minha realização, através da Cidadela Editorial que foi como uma luz no fim do túnel, pois de verdade oportunizou essa conquista, não onera de forma inviável a obra, mas sim abre as portas para que ela seja realmente concretizada. E quem sabe eu ainda alcance a lua.. tudo é possível.

Acredite amigo escritor você também pode alcançar essa realização e ter o seu sonhado livro em mãos…”

………………………………………..Aline Kalçovik, autora de “O Libertar de um Dom”
……………………………………………………………………………..linekalcovik@hotmail.com

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“O livro superou todas as minhas expectativas. Folheando suas páginas, me encantei ao ver o cuidado e o carinho que a editora teve com nossos “filhos” (contos). O Pequenas Histórias é, sem dúvida, uma iniciativa maravilhosa da Cidadela. Quero continuar participando do projeto nas próximas edições. Mais uma vez, muito obrigada e parabéns!”

Luciana Arrieta Volpato, autora participante do “Projeto Pequenas Histórias”
lucinhaok@gmail.com